Facas Portuguesas Vão Chegar a Marte

Posted by admin 01/04/2019 2 Comment(s) Produtos,

 

Um dia, quando formos a Marte, vamos todos comer com facas fabricadas em Portugal. Pelo menos, assim ditou o concurso internacional, organizado pelo Centro de Astrobiologia em Madrid, parceiro internacional da NASA, que se destinava a escolher as facas de mesa a acompanharem as refeições servidas numa futura missão ao Planeta Vermelho.

 

No passado dia 25 de Fevereio já o português Chef Kiko tinha sido o grande vencedor de um dos desafios deste concurso, com um prato marcado pelos sabores do bacalhau e do chouriço. "1,2,3, Marte" é o nome escolhido para o prato que, além de bacalhau e chouriço, também leva batata, cebola, alho, algas, salsa, azeitonas e ovo. Estes foram os ingredientes vencedores para o júri composto por quatro cozinheiros, todos ele com estrela Michelin, que se reuniu em Saragoça, Espanha.

 

Agora foi a vez de premiar a cutelaria produzida com excelência, representando a sabedoria de trabalhar o metal aqui no nosso planeta Terra.

 

Participaram vários cuteleiros de todo o mundo, mas o júri, reunido nesta segunda, em Saragoça, escolheu o projecto português do cuteleiro Carlos Norte, da unidade produtiva artesanal Lombo do Ferreiro, que levou a cabo a transformação da navalha portuguesa em faca de mesa. 

 

 

Estas navalhas portuguesas modernas para usar na cozinha ou à mesa, têm lâminas em aço inox sandvik, os cabos variam entre madeira de oliveira ibérica estabilizada, madeira de ébano angolano, com 30 anos de secagem, e chifre bovino.

A especificidade dos materiais exige cuidados: as facas com cabos em madeiras e chifre não devem ser lavados na máquina.

O latão vai escurecendo com o tempo, mas renova-se facilmente com qualquer limpa metais.

O cabos em madeira devem ser esfregados regularmente com um óleo natural ou cera, para manter o seu isolamento à humidade.

Óleo de camélia é o produto mais aconselhável.

 

“Muito mais do que ser um orgulho enorme para mim, acho que deve ser um orgulho para todos os portugueses ver um pouco da nossa cultura e o nosso saber fazer reconhecidos ao ponto de poderem um dia chegar até Marte”, afirma o fazedor de lâminas em comunicado, após ter conhecido o resultado final, onde competiu com outros cuteleiros.

 

Atualmente as facas de mesa já estão ao serviço de vários restaurantes de renome, como Restaurante Ocean no Algarve, e O Carniceiro e o RIB Beef & Wine no Porto. 

 

Em Portugal vai ser possível comprá-las online no site Loja das Facas e brevemente em lojas físicas a revelar. Os preços podem ainda sofrer alterações, mas as facas de mesa, em média, custam 40€.

 


Se leu a notícia até aqui.... feliz dia das mentiras!

 

Etiquetas: 1 de Abril

2 Comment(s)

Isaura:
01/04/2019, 06:37:36 PM
Reply

O chifre de animal é que não havia necessidade... Lá está sempre a morte dos pobres animais a servir os humanos gananciosos..... Não gosto dessa parte!

Margarida Barreto:
16/06/2019, 12:33:13 PM
Reply

Oh nããão!!! Já estava a fazer contas para comprar as facas desse lá por onde desse!!!... :) :) ...

Leave a Comment